Páginas

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Pequenas coisas,grandes alegrias

Semana passada a turma da escola da Isadora ganhou o concurso "sala mais limpa".
E ela ganhou um prêmio, uma cartela de adesivos.
E ela me deu um adesivo de coraçãozinho pra "lembrar sempre de mim mamãe", e eu disse que ia colar na tela do meu computador no trabalho.
Faz praticamente uma semana, e eu tinha colocado ao lado da televisão e acabei esquecendo de trazer e ela me dizia todo dia que eu tinha esquecido.
 Ontem ela me disse, "vou colocar o coraçãozinho do lado do seu celular, assim você não esquece de pegar amanhã cedo".
Provavelmente eu esqueceria hoje de novo o coraçãozinho, não por maldade, e nem por falta de interesse, mas acho que de repente não reconheci o quanto aquele era realmente o presente mais sincero que ela poderia me dar. Afinal, ela deu o seu melhor todos os dias na escola pra poder ganhar o concurso junto com a turma, e mereceu o seu prêmio, algo que era importante pra ela, e esse algo importante, esse prêmio, ela me deu. E eu não valorizei. Dizemos tantas vezes nessa vida que o presente em sí nunca importa, e sim a boa vontade. Mas na verdade, nos refirimos sim a presentes de verdade, baratos ou caros, grandiosos ou pequeninos e esquecemos das pequenas lembranças que as crianças "vira-e-mexe" nos dá, seja florzinha, desenho, cartinha. Na verdade eu tenho sim, milhares e milhares de cartinhas e desenhos que a Dorinha fez, não consigo jogar, de jeito nenhum, porque esses sim são os verdadeiros, sinceros e espontâneos presentes, e eu guardo sim com toooodo amor do mundo. 
Agora, voltando ao caso do coraçãozinho, eu provavelmente teria esquecido, mas não esquecí, porque de repente de manhãzinha enquanto me troco pra trabalhar, uma menininha que em um minuto estava roncando dormindo, acordou que nem uma zumbizinha (algo que raramente acontece porque dorme que nem uma pedrinha) e chamou "mamãeeee, por favor, não esquece o coraçãozinho". E a mamãe coloca o coraçãozinho na bolsa, diz que agora não esquece mais, dá um beijinho na filhota, diz que ama, e a menininha volta a dormir feito um anjinho.
Ou seja, como eu pude fazer tamanha desfeita com a minha pequena?? Como não notei o quanto aquele presente era importante pra ela???
Tem coisas realmente que são feitas pra repensar, e realmente o coraçãozinho tá na tela do meu computador!
O presentinho meigo e perfeito que eu ganhei de alguém mais meiga e perfeita ainda!!!!

MAMÃE APAIXONADA
GIULIANA NOGUEIRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário